As dez maiores lendas do Led Zeppelin: verdades e mentiras

Existe uma banda que inspire tanta mitologia e desinformação quanto o Led Zeppelin? Antes da internet, não havia fontes de informação sobre as estrelas do rock e fãs (incluindo legiões de adolescentes chapados obcecados pela banda) satisfaziam suas curiosidades com rumores e histórias selvagens envolvendo devassidão, o demônio e um certo peixe. Incrivelmente, esses mitos não eram uma completa bobagem. Veja aqui um guia com verdades, mentiras e algumas coisas que ficam nesse meio-termo.
Por Andy Greene

O velho ermitão no encarte de Led Zeppelin IV é um personagem de O Senhor dos Anéis

O velho ermitão no encarte de Led Zeppelin IV é um personagem de O Senhor dos Anéis</p> <p>A lenda:Não é segredo que o Led Zeppelin amava O Senhor dos Anéis. Eles até cantam sobre “Mordor” e “Gollum” na faixa “Ramble On”, de 1969. Então, quando essa figura misteriosa coberta com uma capa e uma lanterna nas mãos, que parece ter saído diretamente da Terra-Média, surge na capa interna do quarto álbum deles, muitos fãs assumiram que ele era um personagem dos livros de J.R.R. Tolkien.</p> <p>A verdade: “O ermitão” foi meramente uma figura inspirada em uma carta de tarô. Page, inclusive, interpretou um deles no filme de fantasia do Zeppelin,  The Song Remains the Same, de 1976.<br />

A lenda:Não é segredo que o Led Zeppelin amava O Senhor dos Anéis. Eles até cantam sobre “Mordor” e “Gollum” na faixa “Ramble On”, de 1969. Então, quando essa figura misteriosa coberta com uma capa e uma lanterna nas mãos, que parece ter saído diretamente da Terra-Média, surge na capa interna do quarto álbum deles, muitos fãs assumiram que ele era um personagem dos livros de J.R.R. Tolkien.

A verdade: “O ermitão” foi meramente uma figura inspirada em uma carta de tarô. Page, inclusive, interpretou um deles no filme de fantasia do Zeppelin, The Song Remains the Same, de 1976.

O título da música “D’yer Mak’er’” é baseado em uma piada de inglês operário pronunciando “Jamaica”

O título da música “D'yer Mak'er'” é baseado em uma piada de inglês operário pronunciando

A lenda: Muitos fãs acreditam que o título da faixa de Houses of the Holy (capa acima) é pronunciado “dire maker”; na verdade, você deve falar mais como o nome do país caribenho.
A verdade: Plant confirmou que o título “D’yer Mak’er” de fato vem de uma piada com esse sotaque das classes operárias de Londres. Em uma piada que é normalmente assim:

Homem 1: “Minha mulher vai viajar.” Homem 2: “D’yer make ‘er? [pronuncia-se “Jamaica”, rapidamente, para soar como “did you make her”, uma brincadeira de duplo sentido que pode significar, em português: “você obrigou ela a ir” ou “você transou com ela”]. Homem 1: Não, ela está indo por vontade própria.

A pequena alusão a Jamaica faz sentido pela música: “D’yer Mak’er” é o Zeppelin flertando com o reggae.

O título do quarto álbum do Zeppelin é ‘Zoso’?

O título do quarto álbum do Zeppelin é ‘Zoso’?</p> <p>A lenda: Os primeiros três álbuns da banda tinham títulos simples: Led Zeppelin I, II, III. Quando chegou a hora de lançar o quarto, em novembro de 1971, a banda tirou tudo. Eles preferiram não imprimir uma única palavra na capa, nem mesmo o nome deles, aparentemente na esperança de causar confusão entre os odiados jornalistas de música. “Depois de tudo o que conquistamos, a imprensa ainda nos chama de hype”, disse Page. “Então, é por isso que nosso quarto disco não possui título.” Naturalmente, isso criou certa confusão – e enfureceu a Atlantic Records. A banda incluiu quatro símbolos na capa, cada um representando um membro da banda. O de Page parece trazer a palavra ‘zoso’. (veja na ilustração ao lado)</p> <p>A verdade: Page insiste que os símbolos não são sequer letras, ainda assim isso não impediu que as pessoas continuassem a se referir ao quatro álbum como Zoso ou Led Zeppelin IV. Tecnicamente, o álbum não possui título.

A lenda: Os primeiros três álbuns da banda tinham títulos simples: Led Zeppelin I, II, III. Quando chegou a hora de lançar o quarto, em novembro de 1971, a banda tirou tudo. Eles preferiram não imprimir uma única palavra na capa, nem mesmo o nome deles, aparentemente na esperança de causar confusão entre os odiados jornalistas de música. “Depois de tudo o que conquistamos, a imprensa ainda nos chama de hype”, disse Page. “Então, é por isso que nosso quarto disco não possui título.” Naturalmente, isso criou certa confusão – e enfureceu a Atlantic Records. A banda incluiu quatro símbolos na capa, cada um representando um membro da banda. O de Page parece trazer a palavra ‘zoso’. (veja na ilustração ao lado)
A verdade: Page insiste que os símbolos não são sequer letras, ainda assim isso não impediu que as pessoas continuassem a se referir ao quatro álbum como Zoso ou Led Zeppelin IV. Tecnicamente, o álbum não possui título.

O Led Zeppelin certa vez introduziu um pequeno tubarão em uma fã

O Led Zeppelin certa vez introduziu um pequeno tubarão em uma fã</p> <p>A lenda: A mais notória lenda do Zeppelin começou quando a banda tocou no Seattle Pop Festival, em 27 de julho de 1969, e então se refugiou em Edgewater Inn. O prédio foi construído sobre o Puget Sound de Seatle; onde os convidados podem realmente pescar de suas janelas. Na biografia da banda de 1985, Hammer of the Gods – que apurou grande parte das suas informações com Richard Cole, empresário de turnê da banda – descreve uma cena de um dos quartos. “Uma bela e jovem fã de cabelos ruivos foi despida e amarrada na cama”, escreveu o autor Stephen Davis. “O Led Zeppelin, então, passou a estocar partes de tubarão na sua vagina e reto.”</p> <p>A verdade: Essa é capciosa. Uma outra versão diz que foi Cole o culpado pelo incidente com o peixe; a banda Vanilla Fudge também reivindica para si a responsabilidade pelo ocorrido. O baterista, Carmine Appice, diz que a garota em questão era uma groupie que tinha marcado com ele, e que o tecladista Mark Stein havia filmado tudo. O Zeppelin supostamente estava no hotel naquele momento, apesar de apenas John Bonham ter participado. Em algum lugar por aí, uma mulher de 60 e poucos anos pode confirmar todo o incidente – apesar de ser difícil imaginá-la assumindo isso.<br />

A lenda: A mais notória lenda do Zeppelin começou quando a banda tocou no Seattle Pop Festival, em 27 de julho de 1969, e então se refugiou em Edgewater Inn. O prédio foi construído sobre o Puget Sound de Seatle; onde os convidados podem realmente pescar de suas janelas. Na biografia da banda de 1985, Hammer of the Gods – que apurou grande parte das suas informações com Richard Cole, empresário de turnê da banda – descreve uma cena de um dos quartos. “Uma bela e jovem fã de cabelos ruivos foi despida e amarrada na cama”, escreveu o autor Stephen Davis. “O Led Zeppelin, então, passou a estocar partes de tubarão na sua vagina e reto.”
A verdade: Essa é capciosa. Uma outra versão diz que foi Cole o culpado pelo incidente com o peixe; a banda Vanilla Fudge também reivindica para si a responsabilidade pelo ocorrido. O baterista, Carmine Appice, diz que a garota em questão era uma groupie que tinha marcado com ele, e que o tecladista Mark Stein havia filmado tudo. O Zeppelin supostamente estava no hotel naquele momento, apesar de apenas John Bonham ter participado. Em algum lugar por aí, uma mulher de 60 e poucos anos pode confirmar todo o incidente – apesar de ser difícil imaginá-la assumindo isso.

Jimmy Page namorou uma garota de 14 anos enquanto estava no Zeppelin

Jimmy Page namorou uma garota de 14 anos enquanto estava no Zeppelin </p> <p>A lenda: Lori Maddox participava de um grupo de groupies de Los Angeles no começo dos anos 70. De acordo com a própria, Page ficou apaixonado por ela e fez com que seu roadie a levasse para sua suíte no Hyatt House, em L.A.. “[Ele] vestia apenas um chapéu sobre seus olhos e segurava uma bengala”, lembra ela. “Ele parecia um gangster. Era magnífico”. O par continuou em um romance tórrido por alguns anos. </p> <p>A verdade: Maddox tinha, mesmo, apenas 14 anos quando conheceu Page e, por isso, ele manteve o relacionamento em sigilo. Mesmo nos loucos anos 70, esse tipo de coisa poderia levá-lo para a cadeia. Mas sem TMZ ou Us Weekly, ele passou por isso sem problemas. Page, por fim, acabou terminando com Maddox para ficar com Bebe Buell, já maior de idade.

A lenda: Lori Maddox participava de um grupo de groupies de Los Angeles no começo dos anos 70. De acordo com a própria, Page ficou apaixonado por ela e fez com que seu roadie a levasse para sua suíte no Hyatt House, em L.A.. “[Ele] vestia apenas um chapéu sobre seus olhos e segurava uma bengala”, lembra ela. “Ele parecia um gangster. Era magnífico”. O par continuou em um romance tórrido por alguns anos.
A verdade: Maddox tinha, mesmo, apenas 14 anos quando conheceu Page e, por isso, ele manteve o relacionamento em sigilo. Mesmo nos loucos anos 70, esse tipo de coisa poderia levá-lo para a cadeia. Mas sem TMZ ou Us Weekly, ele passou por isso sem problemas. Page, por fim, acabou terminando com Maddox para ficar com Bebe Buell, já maior de idade.

Jimmy Page adorava o diabo?

Jimmy Page adorava o diabo?</p> <p>A história: A obsessão de Page por Aleister Crowley iniciou os boados de que ele e Satã eram próximos; outro rumor era de que os membros da banda haviam feito a conhecida barganha de Fausto, um pacto com o diabo, para chegar ao estrelato. </p> <p>A verdade: Não há evidências que comprovem que Page era um satanista, apesar de ele acreditar na filosofia de libertação pessoal de Crowley. (Page até colocou a máxima de Crowley, “do what thou wilt” - ”faça o que tu queres” -, inscrita nos vinis originais de Led Zeppelin III.) Page fez pouco para negar os rumores durante toda história do Zeppelin, talvez percebendo que isso era bom para os negócios. “Eu não quero falar sobre minhas crenças pessoais ou meu envolvimento com magia”, disse ele à Rolling Stone EUA. “Não estou interessado em transformar alguém em algo que eu sou. Se as pessoas querem encontrar as coisas, elas encontram por elas mesmas.”<br />

A história: A obsessão de Page por Aleister Crowley iniciou os boados de que ele e Satã eram próximos; outro rumor era de que os membros da banda haviam feito a conhecida barganha de Fausto, um pacto com o diabo, para chegar ao estrelato.
A verdade: Não há evidências que comprovem que Page era um satanista, apesar de ele acreditar na filosofia de libertação pessoal de Crowley. (Page até colocou a máxima de Crowley, “do what thou wilt” –”faça o que tu queres” -, inscrita nos vinis originais de Led Zeppelin III.) Page fez pouco para negar os rumores durante toda história do Zeppelin, talvez percebendo que isso era bom para os negócios. “Eu não quero falar sobre minhas crenças pessoais ou meu envolvimento com magia”, disse ele à Rolling Stone EUA. “Não estou interessado em transformar alguém em algo que eu sou. Se as pessoas querem encontrar as coisas, elas encontram por elas mesmas.”

John Bonham bebeu 40 doses de vodka na noite em que morreu?

John Bonham bebeu 40 doses de vodca na noite em que morreu?</p> <p>A história: Bonham foi encontrado morto na manhã de 25 de setembro de 1980, na casa de Page, em Windsor Berkshire, depois de um dia de bebedeira e ensaios. </p> <p>A verdade: De acordo com o relatório do médico legista, o baterista tinha o equivalente a 40 doses de vodca em seu sistema. Bonham estava bebendo vodca de forma quadruplicada naquele dia e estava tão embriagado que não conseguiu acordar quando o seu corpo quis começar a ejetar o álcool para fora.

A história: Bonham foi encontrado morto na manhã de 25 de setembro de 1980, na casa de Page, em Windsor Berkshire, depois de um dia de bebedeira e ensaios.
A verdade: De acordo com o relatório do médico legista, o baterista tinha o equivalente a 40 doses de vodka em seu sistema. Bonham estava bebendo vodca de forma quadruplicada naquele dia e estava tão embriagado que não conseguiu acordar quando o seu corpo quis começar a ejetar o álcool para fora.

Keith Moon foi quem deu o nome para a banda?

Keith Moon foi quem deu o nome para a banda? </p> <p>A história: em maio de 1966, Moon e o baixista do The Who John Entwistle gravaram a parte instrumental de “Beck’s Bolero” com Page, John Paul Jones e Jeff Beck. A faixa se saiu muito bem e eles cogitaram a ideia de formar uma nova banda. Moon alegadamente disse que a banda deveria passar por cima de tudo como um grande balão de chumbo. Page lembrou da piada dois anos depois, quando criou o Zeppelin. </p> <p>A verdade: As contas diferem; por décadas, Entwistle afirmou que foi ele, e não Moon, quem fez a piada do “balão de chumbo”. Mas a história parece estar a favor da versão de Moon.

A história: em maio de 1966, Moon e o baixista do The Who John Entwistle gravaram a parte instrumental de “Beck’s Bolero” com Page, John Paul Jones e Jeff Beck. A faixa se saiu muito bem e eles cogitaram a ideia de formar uma nova banda. Moon alegadamente disse que a banda deveria passar por cima de tudo como um grande balão de chumbo. Page lembrou da piada dois anos depois, quando criou o Zeppelin.
A verdade: As contas diferem; por décadas, Entwistle afirmou que foi ele, e não Moon, quem fez a piada do “balão de chumbo”. Mas a história parece estar a favor da versão de Moon.

Jimmy Page teria sido dono de uma antiga casa de Aleister Crowley

Jimmy Page teria sido dono de uma antiga casa de Aleister Crowley</p> <p>A história: Crowley era um filósofo e ocultista britânico perito em magia negra no início do século 20. Page era obcecado por ele, reunindo uma enorme coleção de memorabilia. </p> <p>A verdade: Page, de fato, comprou uma antiga casa de Crowley no Lago Ness, na Escócia, em 1971, e depois afirmou que era assombrada – não necessariamente por causa de Crowley. “Dois ou três moradores passaram por lá antes de Crowley se mudar para lá”, contou Page para a Rolling Stone EUA, em 1975. “Foi também uma igreja que foi queimada até o chão com a congregação lá dentro. Coisas estranhas aconteceram naquela casa e não tinham algo a ver com o Crowley. As más vibrações já estavam lá. Um homem foi decapitado ali e, algumas vezes, você pode ouvir sua cabeça rolando pelo chão.”

A história: Crowley era um filósofo e ocultista britânico perito em magia negra no início do século 20. Page era obcecado por ele, reunindo uma enorme coleção de memorabilia.

A verdade: Page, de fato, comprou uma antiga casa de Crowley no Lago Ness, na Escócia, em 1971, e depois afirmou que era assombrada – não necessariamente por causa de Crowley. “Dois ou três moradores passaram por lá antes de Crowley se mudar para lá”, contou Page para a Rolling Stone EUA, em 1975. “Foi também uma igreja que foi queimada até o chão com a congregação lá dentro. Coisas estranhas aconteceram naquela casa e não tinham algo a ver com o Crowley. As más vibrações já estavam lá. Um homem foi decapitado ali e, algumas vezes, você pode ouvir sua cabeça rolando pelo chão.”

Fonte

Por Adm Gabriel S’

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s