Slash: contando qual foi o disco que mudou sua vida

Rock guitarist Slash performs with Steven Tyler of Aerosmith at the MusiCares MAP Fund benefit concert in Hollywood

Em artigo para a Harp Magazine  em setembro de 2007, o guitarrista Slash (VELVET REVOLVER, GUNS N´ ROSES), perguntado sobre o disco que mudou sua vida, respondeu:

“Bem, foi o ‘Rocks’ do AEROSMITH, que ouvi pela primeira vez quando tinha 14 anos de idade. Andava de bicicletas BMX e uns caras mais velhos colocaram o disco prá rolar – muito foda. Mas ouvi muito pouco desta primeira vez. Na segunda vez foi tipo… havia uma garota que andava com um grupo de amigos, e ela era provavelmente a mais bonita da escola e da vizinhança, e havia rompido com o namorado. Tentei durante muito tempo me aproximar dela, até que finalmente concordou que eu fosse até sua casa.

Como planejava me aproximar o máximo que conseguisse de suas roupas íntimas, fui até seu quarto e ela tinha tapetes nas paredes, incenso e vasos, seu aparelho de som era típico de uma adolescente daquela época. Ela colocou uns discos para rolar; ouvimos LED ZEPPELIN, ouvimos YES  e finalmente ela colocou aquele disco que reconheci a partir das primeiras notas.

Era o ‘Rocks’. Devo ter ouvido este disco no quarto da garota – seu nome era Lori – uma dúzia de vezes, do início ao fim, repetidas vezes, e acabei ignorando a garota. Finalmente ela disse ‘é hora de você partir’, e eu respondi com algo como ‘ok, nos vemos por aí’. Montei na bicicleta e fui embora, e a garota nunca mais falou comigo.

Mas aquele disco mexeu profundamente comigo – era como se ele personificasse tudo que eu queria ser, e eu nunca tinha ouvido aquilo numa música. Era cru, sujo, tinha ritmo, era meio chapante, totalmente fudido e ainda havia a espécie de angústia da voz de Steve Tyler. Era o perfeito disco de Hard Rock juvenil… representava algo como foi o Punk Rock para todos. Era o mais agressivo, sujo, guitarrístico, você sabe… não era um disco furioso, mas sim a trilha sonora para uma festa raivosa.

Fui cooptado. Pouco tempo depois comprei a guitarra e aqui estou eu”.

Por Adm Gabriel S’

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s