Psicodelia de Flaming Lips e show repleto de hits de The Killers marcam primeiro dia de Lollapalooza

Queens of the Stone Age, The Black Keys e Franz Ferdinand são as atrações mais esperadas do segundo dia de festa

Flaming Lips, do vocalista Wayne Coyne, que causou estranheza ao cantar as primeiras músicas com uma boneca, impressionaram tanto pelo som espacial quanto pelo clima colorido no palcoFoto: Marcelo Mattina / Divulgação

Flaming Lips, do vocalista Wayne Coyne, que causou estranheza ao cantar as primeiras músicas com uma boneca, impressionaram tanto pelo som espacial quanto pelo clima colorido no palco
Foto: Marcelo Mattina / Divulgação

O primeiro dia de Lollapalooza Brasil conseguiu empolgar os mais de 50 mil fãs que foram ao Jockey Club de São Paulo nesta sexta-feira. A psicodelia sensorial dos Flaming Lips, o eletrônico do Deadmau5 e o show de fôlego e repleto de sucessos dos Killers foram os destaques da noite, que ainda teve shows de Temper Trap, Of Monsters and Men e Cake.

Logo no início da tarde, a festa começou com o show do projeto Agridoce, da roqueira baiana Pitty, para cerca de 5 mil pessoas. Sentada durante todo o show, a cantora mostrou entrosamento com sua banda e apresentou músicas do primeiro disco da banda, além de um cover para Across the Universe.

Os islandeses do Of Monsters and Men subiram no palco logo em seguida, sob garoa fina, para um público que já superava as 10 mil pessoas. A vocalista Nana Brindis mostrou carisma e chegou a arriscar um mosh na plateia brasileira. O repertório foi basicamente formado por músicas do disco My Head is an Animal, que deu sucesso à banda.

Já no fim da tarde, o Cake impressionou, conquistou a plateia e teve de voltar para um bis abaixo de aplausos. Mesmo que não seja uma banda acostumada às paradas de sucesso, viu uma plateia cantando grande parte de suas músicas de trabalho – comoNever ThereShort Skirt, Long Jacket e o hit I Will Survive, de Gloria Gaynor. Marcado pelo bom humor com que o vocalista John McCrea encarou os problemas técnicos enfretados pela banda, o show empolgou a plateia.

Em seguida, subiram ao palco os americanos do Flaming Lips. O vocalista Wayne Coyne causou estranheza ao cantar as duas primeiras músicas do repertório segurando uma boneca, atitude nonsense que deu ideia do que se seguiria na apresentação. Por cerca de uma hora e meia, a banda apresentou músicas que iam da psicodelia ao rock espacial, sob um ambiente cheio de luzes, enfeites e repertório calcado no recente disco Embryonic e poucos hits. Quem esperava a famosa bolha passeando por cima da plateia com Coyne dentro se decepcionou. A banda focou na sonoridade em detrimento da apresentação espalhafatosa de sempre, o que pode não ter agradado o público.

A penúltima atração da noite foi o DJ Deadmau5, que preparou quem estava no Jockey Club para o fechamento da noite com apresentação que durou cerca de uma hora e meia e conseguiu embalar a plateia. Num show que uniu música e luzes, o DJ canadense agradou.

A noite foi fechada pelo The Killers, que teve praticamente todas suas músicas cantadas por um público empolgado. Hits como Mr. BrightsideSomebody Told Me e All the Things that I’ve Done emocionaram os fãs da banda, que eram maioria no festival. No final da apresentação, com direito a bis, os americanos tocaram When We Were Youngsob cascata de fogos e show de luzes.

No sábado, as atrações principais do Lollapalooza são Franz Ferdinand, Queens of the Stone Age, The Black Keys e Two Door Cinema Club. Tocam ainda os gaúchos da Graforréia Xilarmônica. No domingo, último dia de festival, se apresentam Pearl Jam, The Hives, Planet Hemp e os gaúchos do Dis Moi e da Wannabe Jalva.

Por Adm Gabriel S’

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s